Importância Política

Em 1992, quando a presidente Lurdinha assumiu o sindicato, a categoria de transporte escolar era desconhecida e sem expressão política, no entanto, as conquistas políticas foram acontecendo a medida que o trabalho desenvolvido pelo sindicato e sua diretoria foi tendo credibilidade.

Em 1994, a Assembléia Legislativa de São Paulo fez menção honrosa ao SIMTESP e a pessoa da presidente, em sessão. A Câmara Municipal de São Paulo fez menção honrosa ao trabalho que o SIMETESP vem desenvolvendo.

O relacionamento do SIMETESP com a Prefeitura Municipal de São Paulo é de parceria, primando-se pela qualidade do transporte escolar e a satisfação do usuário.

O Ministro da Educação, Paulo Renato, vem desenvolvendo, com sua equipe e a Federação matérias pertinentes ao transporte de escolar, quer seja através do transporte escolar público, quer seja no transporte escolar privado e conta com todo apoio dos sindicatos através da FENATRESC.

Com o DETRAN/SP o relacionamento do SIMETESP é de parceria, principalmente no que se refere a Educação de Trânsito e Divisão de Fiscalização e Controle de Condutores. No Governo Fleury foi dado a grande arrancada de reconhecimento da categoria no Estado de São Paulo.

O Governador Mário Covas, em 1998, recebeu todos os presidentes dos sindicatos do Estado de São Paulo, através da Federação Nacional de Transportes Escolares – FENATRESC, e durante 1 (uma) hora ouviu nossas reivindicações e discutiu sobre o transporte escolar, presente estava a Deputada Federal Zulaiê Cobra e ambos se prontificaram de encaminhar os nossos pedidos.

Embora o Governador tenha dito que nada tinha contra a isenção de IPVA e ICMS para a categoria de transporte de escolares, “pois se o taxista tem, entendo que ambos tem o mesmo direito”, o ofício que nos foi enviado, após muitas reuniões com o Secretário da Fazenda, dizia explicitamente que não poderia nos dar este benefício.

Em 1998, o Deputado Estadual Lívio Giosa, entrou com o pedido de isenções através da Assembléia Legislativa, mas infelizmente na última comissão foi vetado pelo Deputado Victor Sapienza.

No momento estamos entrando com novo pedido ao Governador Mário Covas, pois entendemos que esta solicitação tem que partir do Executivo para o Legislativo.

Rua Cachoeira, 638 - Catumbi - São Paulo - SP
CEP 03024-000 - Telefone (11) 3739-3802